• Dicas para adquirir massa muscular

    Quer ficar forte e com massa magra? Conheça nossas dicas para adquirir massa muscular e mãos a obra!
     
    No mundo atual, ter uma boa forma física é uma preocupação cada vez mais frequente dos jovens e adultos que frequentam academias. Mas algumas pessoas querem não só melhorar a saúde, como também ter um físico muscular invejável. E se você é uma dessas pessoas, com certeza esse artigo irá ajudar, acompanhe conosco.
    Foto: divulgação

    Foto: divulgação

    Consulte um médico antes de qualquer coisa

    Um procedimento geralmente menosprezado, ainda que importante. Não se brinca com a saúde! Então, é bom consultar um médico antes de começar o treinamento. Não deduza automaticamente que você possui uma saúde perfeita: tenha certeza das suas condições e limitações físicas.

    Combine exercícios (super séries)

    Em vez de fazer um exercício de cada vez, combine dois deles para o mesmo músculo, intercalando as séries de um e de outro. Isso agiliza o ganho de massa, porque exige um pouco mais do músculo, potenciando o treino em geral.

    Capriche nos treinos de musculação (ou com pesos)

    Os treinos de contra-resistência (com cargas) são os mais eficientes para quem deseja aumentar os músculos, então, seja frequente neles.

    Não tenha preguiça, vá treinar de 3-4x/semana no mínimo e sempre aumente suas cargas.

    Se você mantém a mesma carga por meses, seus músculos ficarão iguais por meses, então, se quer mais músculos, coloque mais carga (claro, sempre aumentando aos poucos para não ganhar lesões);

    Consuma carboidratos de baixo índice glicêmico

    Por demorarem mais para virar glicose sanguínea, carboidratos de baixo índice glicêmico são excelentes para repor sua energia, glicogênio e não causar picos de insulina no sangue (evitando assim acúmulo de gordura). Então consuma mais cereais integrais e frutas com casca.

    Descansar nos treinos é importante

    Nunca devemos treinar uma musculatura sem dar o tempo de intervalo, pois impedimos a adaptação e supercompensação que é oque faz com que consigamos aumentar a carga no próximo treino.

    Não restrinja totalmente o sódio

    Realmente uma ingestão descomedida de sódio promove, entre outros malefícios, uma retenção hídrica indesejada. No entanto, algumas pessoas, com receio desse nutriente, acabam eliminando-o totalmente da dieta. Precisamos de sódio para diversas funções vitais, dentre elas a contração muscular. O bom senso em se utilizar quantidades adequadas fará a diferença. O uso excessivo (como, por exemplo, acrescentá-lo em preparações prontas como as saladas) é sim um problema. Agora, seu uso moderado no preparo dos alimentos como carnes não será. O sódio é útil principalmente para pessoas fisicamente ativas que o perdem em grande quantidade através do suor.

    Suplementos podem ajudar

    Existem vários suplementos pré treino que podem ajudar nessa tarefa, como por exemplo o Whey protein e o turbo force suplemento. Mas é preciso cuidado, grande parte dos indivíduos engajados em um programa de ganho de massa muscular já tem consciência da importância da ingestão de proteínas para a obtenção de resultados, mas uma minoria se preocupa em garantir uma boa ingestão proteica em todas as refeições. De nada adianta utilizar um ótimo tipo de proteína no pós-treino, com a melhor whey protein do mercado e esquecer os demais horários. Em todas as refeições do dia devemos comer quantidades adequadas de proteína de qualidade.

    Foto: divulgação

    Foto: divulgação

    Cuidado com a alimentação

    Comer de 3 em 3 horas da um bom aporte de energia e proteínas para os músculos ao longo do dia.Alimente-se de maneira saudável. Consuma principalmente carboidratos como cereais ou massas, por exemplo, além de proteínas como carnes (dê preferência para carnes brancas, como a do frango), leite e ovos. E não se esqueça dos vegetais. Na dúvida, consulte um nutricionista.
    Gostaram das dicas pessoal?
     
    Dúvidas e sugestões podem deixar nos comentários!