• Saiba como estudar para o Concurso do INSS

    O concurso do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) é o mais esperado por muitos que sonham em trabalhar como funcionário público. O edital do concurso ainda não foi divulgado, e está previsto para ser publicado até o dia 29 de dezembro, terça-feira. O concurso preencherá 950 vagas, sendo 800 para técnico de seguro social e 150 para analista do seguro social.

    Imagem: divulgação - Concurso INSS

    Imagem: divulgação – Concurso INSS

    Como é a prova do INSS

    As matérias de Conhecimentos Específicos que inclui Direito Previdenciário e Ética têm maior peso na prova. É preciso acertar, no mínimo, 20 questões de Conhecimentos Gerais, 40 questões de Conhecimentos Específicos. A quantidade de acertos total da prova deve totalizar, no mínimo, 40%.

    Mesmo sem a divulgação do edital, muitos candidatos começam a se preparar para as provas cerca de 6 meses antes. O ideal para todos os candidatos é priorizar os estudos, com base no conteúdo do edital anterior. Mas, estudar requer organização e disciplina. Por isso, se você quer garantir uma vaga no concurso do INSS fique atento a algumas dicas de como estudar para o concurso do INSS.

    Com a grande concorrência é normal se sentir inseguro, no entanto, com algumas dicas é possível aproveitar bem os estudos e garantir a tão sonhada vaga no concurso do INSS. Veja algumas delas.

    Como estudar para o Concurso do INSS?

    A principal dica de estudo para o Concurso INSS é priorizar o conteúdo de Legislação Previdenciária, cerca de 60%. Foque em textos das leis 8.213/91 (benefícios) e 8.212/91 (custeio). Na primeira lei, o candidato deve concentrar-se nos temas segurados e nas normas relativas aos benefícios. Já na lei de custeio, deve atentar para as normas que envolvem a contribuição das pessoas, estudando principalmente os artigos 1º ao 11º, 16º, 20º, 21º, 24º e 28º do referido diploma legal.

    Separe 30% dos estudos para Ética no Serviço Público, Regime Jurídico Único, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Raciocínio-Lógico e Noções de Informática e, por fim, 10% para Língua Portuguesa.

    Outra dica é elaborar uma escala de estudos estabelecendo horários para as matérias. Tente abranger o maior número possível de provas anteriores. Hoje, há diversos simulados virtuais disponíveis.

    Acompanhe constantemente como anda sua “evolução” no estudo do programa: monitore aquilo que já estudou, revise pontos importantes e formule uma estratégia de memorização, memorizar determinados conteúdos é fundamental, mas é claro que aprendê-los é igualmente importante.

    Crie o hábito de fazer revisões periódicas.

    Dicas de apostilas para as provas

    Com a tecnologia que temos hoje, não há mais a necessidade de comprar apostilas para estudar para o concurso do INSS. Você pode encontrar facilmente na internet, diversas opções de apostilas online para compra-las e baixar no seu computador.

    Uma das opções de apostilas é a Apostila Curso completo para INSS, cm 125 horas de duração + bônus: http://hotmart.net.br/show.html?a=W3714344Y.

    Também há a Apostila Solução, disponível no link: http://www.editorasolucao.com.br/apostila-solucao/impresso/apostila-inss-tecnico-do-seguro-social-685-testes?utm_source=Banner&utm_medium=JC&utm_campaign=INSS_NoticiaP

    Foto: divulgação - Concurso INSS apostila de estudo

    Foto: divulgação – Concurso INSS apostila de estudo

    Cargos e salários

    Para as vagas de Técnico do Seguro Social a remuneração inicial mensal será em torno de R$ 4.886,87, enquanto que a de Analista poderá ter subsídio inicial de até R$ 7.496,10.

    Bom, com as apostilas em mãos é só começar os estudos. Boa sorte!